sexta-feira, 9 de junho de 2017

CREEPYPASTA: O QUE NÃO TE CONTARAM SOBRE FANTASMAS


Eu não quero soar maldoso, mas os mortos são muito sem noção. Sempre os vi. Quando eu era mais novo, todos achavam que eu estava falando com amigos imaginários. Depois de alguns anos, quando ouvi meus pais falarem sobre chamar um psicólogo, eu percebi com o que eu estava falando. Assim, fantasmas tendem a não perceber que estão mortos, e eles não parecem como nos filmes, eles se parecem com nós.

Eu sou muito inteligente para uma criança de 13 anos, então comecei a perceber certos padrões para diferenciá-los da vida. Eles poderiam estar um pouco distantes das pessoas vivas, ou você as veria tentar conversar com pessoas que nem as notariam. Alguns deles podiam dizer que eu era diferente, que eu os notei. Como esse cara que eu vi depois da escola ontem. Eu sou um menino grande agora, veja, eu não preciso que os meus pais me busquem, a minha casa é apenas um curto passeio de distância. Ele estava longe dos outros pais, não falava com eles, apenas olhava para mim, era assim que eu sabia que ele era um dos fantasmas. Eu fui até ele, lhe disse que eu sabia o que ele era e perguntei como eu poderia ajudá-lo. Eu não me lembro muito depois disso, eu acho que por causa do que aconteceu esta manhã.

Lá embaixo, meus pais choravam. Tentei falar com eles, mas eles me ignoraram. Eles devem ter morrido ontem à noite de alguma forma, às vezes os novos fantasmas não falavam comigo. Alguns policiais e jornalistas acabam de chegar, eles também não falam comigo, apenas com meus pais. É estranho, eu nunca vi tantos fantasmas juntos antes. Por que ninguém quer falar comigo?


Autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente. É de graça e ajuda o moderador a criar conteúdo de qualidade para você. Todo mundo sai ganhando.