sexta-feira, 6 de setembro de 2013

5 Teorias #1 - Final de Martyrs

Quadro novo aqui no blog. Como o nome sugere, nesta série de posts abordarei 5 teorias acerca de alguns assuntos. Eles serão os mais variados possíveis. O post de hoje é específico para quem VIU o filme francês Martyrs de 2008, que ficou famoso por sua violência gráfica nauseante e seu enredo perturbador. Nele acompanhamos as jovens Anna e Luci em busca de vingança contra quem sequestrou e torturou uma delas na infância.
Os elogios sobre o filme vinham aos montes, porém sempre junto de uma dúvida, "Alguém aí entendeu o final?" O desfecho da história é aberto, porém aqui iremos abordar 5 teorias para explicar esse final. Pronto?

O TEXTO A SEGUIR POSSUI SPOILER TOTAL SOBRE O FINAL DO FILME. NÃO LEIA SE NÃO ASSISTIU O FILME.



O que sabemos é que a Mademoiselle, a ordenante das torturas, ouve da boca de Anna, o que existe após a vida. Todos os engomadinhos envolvidos naquelas atrocidades que aconteciam nas últimas duas décadas são chamados para que ela enfim revele. Porém, antes de contar, Mademoiselle decide se matar com um tiro na cabeça, levando consigo, para o túmulo, o segredo da vida após a morte. Afinal, o que Anna disse a Mademoiselle?

Teoria 1: A vida após a morte é perfeita.
Essa é a mais óbvia que poderíamos imaginar. Anna lhe conta o quão boa é a vida após a morte e a velha decide então encurtar o processo. Com um tiro na cabeça ela se envia direto para o paraíso incondicional.

Teoria 2: Na vida após a morte seremos julgados.
Assim como grande parte das religiões, principalmente as que surgiram a partir do cristianismo, algo ou alguém no julgará. Imagine o terror que Mademoiselle sentiu ouvir de Anna que uma figura justa iria julgá-la e condená-la por tudo que fez. Ela sabia que nunca haveria perdão por suas atrocidades. O processo de esperar para sofrer sua punição seria uma tortura imensa.

Teoria 3: A vida após a morte é ruim.
Assim como na teoria anterior, a vida após a morte não é algo que você necessariamente gostaria de saber. Bons e maus sofrem da mesma forma. Algo bastante deprimente de se descobrir, ainda mais quando se gasta dezessete anos da sua vida torturando meninas indefesas para chegar a essa conclusão.

Teoria 4: Não existe vida após a morte.
Mademoiselle percebe o monstro que tinha sido durante anos. Torturando jovens indefesas em vão. Para no fim descobrir que todas atrocidades que cometeu não serviram de nada. Que nossa vida é "em vão". Que somos apenas um saco de carne com validade de menos de um século, e quem em breve iremos todos apodrecer e ser esquecidos. Simplesmente desaparecer. Um tanto quanto perturbador. (Essa é a teoria que eu, particularmente, acho que faz mais sentido)

Teoria 5: A vida após a morte é...
Bem, não dá para explicar muito bem. Digamos que essa teoria diz que a vida após a morte é semelhante ao que acontece nessa história AQUI.

Curtiu? Concordou? Discordou? Deixe sua opinião, e quem sabe uma sugestão de tema para o próximo "5 TEORIAS". Até a próxima...
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Cara, eu adorei esse post... sério. Amei esse filme e recomento pra todo mundo.
    Particularmente eu gosto das teorias 3 e 4, mas nunca vamos saber ao certo o que a Anna disse à Madame..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como a Madame diz, "Você pode imaginar o que existe após a morte? Então continue assim." kkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. aquela anna virou um buda, tipo jesus, sabe? foi isso mesmo que aconteceu, se buda significa "iluminado" da pra entender porque aparece uma luz dentro do olho dela, acho que se quisermos saber o que ela disse, então devemos perguntar a um buda, hehe...

    ResponderExcluir
  3. Na minha opinião, somente a teoria 1 tem sentido. Pensem bem: se a vida do lado de lá fosse ruim ou se fossemos julgados pelos atos em vida (o suicídio já é uma coisa má passivel de um julgamento pesado, pois equivale ao assassinato só que da vida de si mesmo, seria melhor ficar aqui e se arrepender profundamente mostrando isso ao se entregar para as autoridades) ou se não houvesse nada (que já é invalido, pois o que Anna teria para contar?) levando em conta tudo isso ninguém iria querer morrer de uma vez como a Mademoiselle fez, seria melhor continuar vivo até quando fosse possível, pois pelo menos aqui mesmo com todo o mal e sofrimento ainda podemos ser felizes.

    ResponderExcluir
  4. Minha teoria é de que a Anna conseguiu chegar ao estado de "vida além", mas disse a Mademoiselle que não poderia explicar como era pois foge da capacidade fisica, sensorial e de compreensão do nosso estado humano, sendo assim só quem está perto da morte ou morre é que consegue entender o que isso significa. Por fim, ela depois de anos fazendo barbáries com as pessoas em busca desse objetivo descobre que foi em vão e para que ela possa entender será necessário encarar a morte por si mesma e fora essa dúvida que a atormenta, além do fato de não poder revelar o que todos esperavam e tinham tanta expectativa durante tanto tempo, o que traria a ela muita desgraça e vergonha por tudo o que tem feito. Por isso ela diz mais ou menos assim no fim: O que você acha que há no outro mundo? e o cara: eu não tenho idéia! E ela finaliza: Continue pensando assim!

    ResponderExcluir

Comente. É de graça e ajuda o moderador a criar conteúdo de qualidade para você. Todo mundo sai ganhando.