domingo, 26 de maio de 2013

5 histórias curtas e perturbadoras #2

Demorou, mas chegou a segunda parte da série mais amada do Brasil! Segundo a minha mãe. Dessa vez não estão tããããão curtas como antes, mas estão bem pequenos. Vamo?




1. A pipa (ou papagaio, dependendo de onde você mora)
"Ela é linda voando, não é filha?" o cuidadoso papai sorri enquanto aponta para a pipa voando alto por cima da areia da praia.
A garotinha continuava ali tímida e melancólica enquanto observava aquela pálida pipa que voava. Essa pipa em particular lembrava sua mãe desaparecida; os desenhos da pipa se pareciam muito com as tatuagens coloridas de sua mãe.

2. Filha
Toda noite nossa filha chora e impede que eu e minha esposa durma. Nunca conseguimos uma noite de sono. É a mesma coisa todas as noites e nós simplesmente não entendemos porque ela não pára. Quer dizer, nós a amamos, a alimentamos, nunca a deixamos passar frio, visitamos sua cova todos os dias. O que mais uma criança pode querer?

3. Cometi suicídio ontem a noite...
Ainda estou aqui. Queria que você pudesse me ver.

4. Família
Você pode ver a boca do doutor se mexer, enquanto sua voz se torna um som curto até desaparecer. Você simplesmente não pode manter o foco.
Ele está descrevendo o destino de sua mãe... A lenta e dolorosa decadência de seu corpo... E sua mente? O mínimo de consciência que lhe restar será apenas para entender o que perdeu. Ela não merecia isso... Ninguém merecia algo assim! Como uma condição tão horrível como essa poderia existir?
Ainda assim, depois disso tudo, uma única palavra se repete sem parar em sua mente: Hereditário.

5. Realidade
Sabe qual é a pior parte da realidade? Essa noite, após lavar o sangue das minhas mãos e limpar os restos, eu irei dormir. Quando acordar de manhã, me arrumarei e irei ao trabalho. Eu estarei lá, na multidão. E você nem imaginará que eu estou lá.
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

Comente. É de graça e ajuda o moderador a criar conteúdo de qualidade para você. Todo mundo sai ganhando.